o roteiro do imperialismo na Venezuela deveria resultar-nos já perfeitamente conhecido: trata-se do mesmo que já empregaram para as invasões da Líbia e da Síria