Nesse contexto, parece manifesto que a questão nacional e de classe é unha oportunidade para explicar essas mesmas necessidades que se detectam a nível municipal no plano nacional e o nacionalismo, representado nas vindeiras eleições exclusivamente pelo BNG