Situamo-nos portanto num cenário no que já só resta umha violência: a do Estado. Umha violência que manterá no entanto nom pense que lhe supom mais custes que benefícios.